terça-feira, 8 de julho de 2014

Copa do Mundo - parte V (final)

texvet.com

Embora a grande final desta edição da Copa do Mundo só aconteça em 5 dias, o clima de final começa a se tornar inevitável. E hoje acontece o jogo mais importante do Brasil, na minha opinião. Arrisco a prever que o vencedor do confronto de hoje provavelmente será o campeão deste Mundial.

Como já deve ter ficado claro pela quantidade de postagens tratando de futebol, sou um grande admirador dos esportes em geral e do futebol em particular. Em função dessa paixão, vivo todas as Copas do Mundo com muita intensidade. Esta edição em particular me permitiu um convívio ainda mais intenso com ida a alguns dos belos estádios construídos ou reformados em nosso país. [Antes desta, tinha assistido apenas a alguns jogos da edição de 1990, na Itália.]

No que diz respeito à Estatística, essa 20a edição da Copa do Mundo introduziu de vez a estatística no contexto futebolístico. Nunca antes se viram tantos dados divulgados pelos meios de comunicação e discutidos pelos habitantes do país-bola e simpatizantes. Fomos inundados de estatísticas associadas a jogadores, técnicos, países, cidades-sede, etc. 

Cada vez mais, a população se acostuma a basear seus raciocínios em dados concretos. Para o mundo da Estatística isso é claramente uma boa notícia. Põe em evidência a nossa matéria prima e, como decorrência, nossa atividade fim que consiste em dar algum sentido a essa profusão de números. Claro que existe o perigo de superexposição e uso indevido mas a relevância dada por todos aos dados divulgados acabou por vencer qualquer resistência pelo cansaço. Mesmo os mais ferrenhos opositores de uso de Estatística, que continuam vociferando contra a área ("Estatística é ciência exata e futebol não é exato", é um dos bordões mais ouvidos) de forma indevida fazem (ainda que inadvertidamente) uso de dados para embasar sua opinião. 

A Estatística veio para ficar e, independente do vencedor, acho que essa Copa ajudou em muito a consolidar o papel fundamental que essa particular área da Ciência exerce nas mais variadas atividades da sociedade moderna, desde as mais lúdicas (como entretenimento e esporte) às mais relevantes como outras áreas da Ciência, onde a Estatística já é há muito tempo um coadjuvante imprescindível.

Quanto à essa Copa do Mundo, que vença o melhor!

Nenhum comentário:

Postar um comentário